Quando o castigo não funciona - um estudo

4.11.17

A disciplina pretende mudar o comportamento e não castigar a criança. A disciplina permite que a criança desenvolva a auto-disciplina e ajuda-a a tornar-se num adulto emocionalmente e socialmente maduro. Existem muitos métodos que funcionam e que podem ajudar os pais a ensinar e guiar os seus filhos, e algumas formas de disciplina continuam a ser controversos.
Independentemente do estágio de desenvolvimento e da idade da criança, aqui ficam alguns princípios que poderão ajudar a guiar o técnico:
- O propósito da disciplina é ajudar as crianças a organizarem-se, a interiorizar as regras e a adquirir padrões de comportamento apropriados;
- O temperamento da criança e dos pais, em particular no contexto do seu meio sócio-cultural requerem flexibilidade. Crianças com necessidades especiais e atraso no desenvolvimento necessitam de ajuste adicional e competências no desenvolvimento de problemas.
- A disciplina efectiva não incita à vergonha, nem à culpa nem ao sentido de abandono ou perda de confiança. Pelo contrário, provoca um sentimento de mais confiança entre a criança e os pais.
- Quando nos antecipamos estamos a criar uma ótima oportunidade para a prevenção e para discutirmos que tipo de disciplina aplicar de acordo com o desenvolvimento da idade. 
Se conheces o trabalho que a Escola da Parentalidade tem desenvolvido nos últimos anos, sabes que neste texto acima encontras alguns dos pilares que nos orientam e que são:
1. Respeito Mútuo | 2. Vínculo | 3. Parentalidade Pró-ativa | 4. Liderança Empática | 5. Educar sem punir
Estes 5 pilares são a base de todo o nossos trabalho e que sustentam, sem sombra de dúvida, tudo aquilo que nos norteia. É muito bom ver artigos científicos que apoiam as nossas convicções e prática!
Interessas-te por estes temas e gostarias de conhecer a fundo este modelo e como usá-lo na prática ? Vê como, participando nesta ação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share